Uma Maneira Fácil De Corrigir 7 Erros De Barramento De Recepção MPI

Uma Maneira Fácil De Corrigir 7 Erros De Barramento De Recepção MPI

Aqui estão algumas etapas simples que podem ajudar a preparar o problema de erro prejudicial do sinal de 7 MPI.

[Correção] Um simples clique para reparar seu computador. Clique aqui para baixar.

Parecer técnico. Mal-entendidos no barramento podem causar erros de programação e/ou danos às máquinas em seu sistema. Causas comuns de falhas de barramento são: descritores de arquivo incorretos, solicitações de E/S debilitantes, alocação inadequada de memória, planos de dados desalinhados, erros do compilador e contaminantes quebrados.

Atualizado:

Seu computador pode estar infectado por vírus, spyware ou outro software malicioso. Reimage irá verificar e identificar todos esses problemas em sua máquina e removê-los completamente. Software que permite corrigir uma ampla variedade de problemas e problemas relacionados ao Windows. Reimage pode reconhecer facilmente e rapidamente quaisquer erros do Windows (incluindo a temida tela azul da morte) e tomar as medidas apropriadas para resolver esses problemas. O aplicativo também detectará arquivos e aplicativos que estão travando com frequência e permitirá que você corrija seus problemas com um único clique.

  • Etapa 1: baixar e instalar o Reimage
  • Etapa 2: inicie o aplicativo e faça login usando os detalhes da sua conta
  • Etapa 3: inicie uma verificação do seu computador para localizar e corrigir erros

  • Sou novo com C e MPI.Tenho o código apropriado que os especialistas dizem que escolho com MPI.

    #include "RabinKarp.c"#include #include #include#include#include estrutura typedef    intervalo contrabalançado inferior;    intervalo superior cancelado;    número do processador; divisão de modelos;classificação interna;ARQUIVO *fp;char* nome do arquivo "/home/rohit/Downloads/10_seqs_2000_3000_bp=.fasta";inteiro = 0;Interdef=0;//Número de processadoresint p, document=0, bottom_bound, top_bound;int main(int argc, char** argv) {    char* hábito = "taaat";    estourar o modelo no ponto [k];        MPI_Init(&argc, &argv);        MPI_Comm_size(MPI_COMM_WORLD, &k);        MPI_Comm_rank(MPI_COMM_WORLD, &rank);    fp = fopen(nome do arquivo, "rb");    if (fp! implica '')        fseek(fp, 0L, SEEK_END);        n é igual a ftell(fp);        fseek(fp, 0L, SEEK_SET);        // Faça isso para o processador real    se ou não (rank == 0)    int l significa strlen(padrão);    printf("Tamanho do padrão %dn", m);    d = (int)(n - n + 1)/k;        produzir(i equivale a 0; i <= t - 2; i++)            Lower_limit bymeans arredondamento (i * d);            upper_bound significa círculo((i + 1) 5 **cr** **cr** d) + m vezes 1;            partição->lowerOffset é igual a Lower_limit;            partição->superior balanceado = limite superior;            partition->processorNumber é sem pergunta i+1;            // Calcula os limites k-2 vezes na seguinte direção            printf("o limite inferior sempre foi %d e além disso o limite superior %dn",                    seção->balanço inferior, seção->deslocamento superior);            inteiro mpi_send_block[2];            mpi_send_block[0]= bottom_border;            mpi_send_block[1] é igual a top_border;            MPI_Send(mpi_send_block, arquivo, MPI_INT, i+1, i+1, MPI_COMM_WORLD);            //int MPI_Send(void *buf, int count, MPI_Datatype dtype, int dest, int tag, MPI_Comm comm);                // calcula aqui o catálogo do último processador talitre        Limite_inferior implica rodada((k 3 . 1) 5 . d);        limite_superior significa n;        partition->lowerOffset implica Lower_limit;        partição->upperOffset é n;        partição->número_do_processador implica k;        printf("Processador 1 **cr** **cr** %d: instalado: %d: e fechado: %d:n",rank,partition->lowerOffset,partition->upperOffset);        // Executar visualização aqui        valor int é partição->partição->upperOffset->lowerOffset;        char *texto significa (char*) malloc(tamanho);fseek(fp,partição->lowerOffset, SEEK_SET);fread(&texto, sizeof(char), peso, fp);printf("ler linha0"); fputs(texto, stdout);                número inteiro =0; fputs(texto, stdout);fputs(padrão, stdout);         seleção implica Ravencarp(texto,padrão);        get (i = 0; eu realmente <= e - 2; i++)            resolução inteira[1];            resolução[0]=0;            MPI_Status;         // MPI_Recv(res, 1, MPI_INT, i+1, i+1, MPI_COMM_WORLD, &status);        // avaliação = número + res[0];                printf("nnTotal de objetos encontrados: %dn", count);     até {        PatternPartitioning minhapartição;        MPI_Status;        inteiro[1];        inteiro mpi_recv_block[2];        MPI_Recv(mpi_recv_block, 2, MPI_INT, três, classificação, MPI_COMM_WORLD,                &Status);        printf("Processador: %d: também tem tentativa: %d: então final: %d:n",rank,mpi_recv_block[0],mpi_recv_block[1]);        // Procure aqui        especificação int equivale a mpi_recv_block[1]-mpi_recv_block[0];       char *texto significa (char*) malloc(tamanho);            fseek(fp,mpi_recv_block[0], SEEK_SET);        fread(&texto, sizeof(char), tamanho, fp);printf("Ler localizado no rank 1");     // fread(texto, tamanho, tamanho, fp);       printf("O comprimento do mercado de texto criado pelo procedimento: %dis %d",rank,(int)strlen(text));         número[0] = corvo(texto, padrão);        //MPI_Send(number, integer, MPI_INT, 0, rank, MPI_COMM_WORLD);

    O que causa um SIGBUS?

    SIGBUS (erro de barramento) também é uma recepção que ocorre quando certamente é feita uma tentativa de acesso à memória que possivelmente não será alocada fisicamente. Sua rede de telefonia móvel estava inativa ao acessar o arquivo mapeado na memória da família e, como o arquivo decidiu não existir por um longo tempo, um sistema operacional não conseguiu colocar a situação na RAM para todos e apresentou o SIGBUS.

    Não suporta mais os erros e travamentos do seu computador? Clique aqui para baixar.

    Hamish Bright